Grupo de Plastimodelismo de Campinas

Review – Railway Covered Goods Wagon 18t “NTV” Type – 1/35

Modelo fornecido pela Miniart, para review e sorteio no 23º Open GPC

Modelo: Railway Covered Goods Wagon 18t “NTV” Type 

Kit nº: 35288

Fabricante: Miniart

Escala: 1/35

Modelista: Douglas Gusmão

Historia

Vagões de mercadorias ou vagões de carga (às vezes chamados de caminhões de mercadorias ou caminhões de carga) são veículos ferroviários não motorizados que são usados para o transporte de carga. Para fins de rastreamento e identificação, os vagões de mercadorias geralmente recebem um identificador exclusivo, geralmente um número de vagão.

Na Europa, os primeiros acordos foram firmados muito cedo entre as ferrovias estatais nacionais e empresas privadas para o uso mútuo de vagões de mercadorias uns dos outros. Por volta de 1850, a União das Administrações Ferroviárias Alemãs elaborou regulamentos para a padronização de dimensões e acessórios. A formação da União Ferroviária do Estado da Prússia em 1881 encorajou o surgimento de classes de vagões construídas de acordo com normas padrão.

Desde 1922, o acordo para o uso mútuo de vagões de mercadorias no tráfego internacional (RIV) regulamentou a troca de vagões de mercadorias na Europa e no Oriente Médio. Além disso, as frotas de vagões de mercadorias internacionais foram criadas em 1953 na Europa Ocidental com a Europ-Verband e em 1965 na Europa Oriental com o Common Wagon Park (OPW). Durante a segunda metade do século XX, as classes nacionais de vagões de mercadorias na Europa foram sendo cada vez mais substituídas pelos vagões padrão da União Internacional (UIC). Desde 1964, todos os vagões de mercadorias na Alemanha, por exemplo, tiveram que ser classificados usando o sistema de classificação de vagões de mercadorias da UIC.

Resumo histórico obtido no site Wikipedia.

Detalhes do modelo.

O modelo é injetado em plastico cinza claro e contem 30 arvores, em uma unica embalagem, podemos dividir o modelo em três partes, o carro, o chassi e os trilhos. As partes não possuem marcas de extratores que possam ficar evidentes após a montagem e são bem detalhadas, algumas com textura que imitam madeira. Este modelo possui uma bitola de trilho para a versão européia, para fazer a versão Soviética, é preciso comprar o set de correção da Miniart codigo 35565 conforme mencionado na etapa 8 da instrução de montagem.

As portas e janelas podem ser montadas abertas ou fechadas e também apresentam um nível de detalhe muito bom. Detalhes como as fechaduras da porta foram fornecidos em peças de chapa foto-gravada.

As instruções são fornecidas em um livreto.

Fotos

Decal

Chapa photo-gravada

Versões

Conclusão

Este modelo permite muitas opções para dioramas juntamente com outros acessórios e kits, a MiniArt produz um conjunto interessante de detalhes que permitem fazer diferentes tipos de linhas ferroviárias.

Recomendável.

Compartilhe este post:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Curta o nosso conteúdo: